Para ver, escutar e sentir.

El cine y la música

Descrição

Cinema, filme Literatura

Literatura, pensamentos e vida levados ao cinema.

 

José y Pilar. 2011

DVD Jose y Pilar Documentário realizado e dirigido por Miguel Gonçalves Mendes. Um filme que descreve e descobre a vida quotidiana de seus incansáveis protagonistas, a energia que lhes move, uma capacidade de trabalho desbordante em uma luta contra o relógio. “Um retrato surpreendente de um autor em seu processo criativo e da relação de um casal comprometido com mudar o mundo. Ou pelo menos de faze-lo melhor”.

 

Cegueira. Blindness 2008.

Película A Ciegas, Fernando Mirelles-José SaramagoAdaptação do romance “Ensaio sobre a cegueira” dirigida por Fernando Meirelles. Uma estranha epidemia de “cegueira branca” assola um país imaginário, uma história de ficção inquietante sobre os níveis de crueldade a que pode chegar o ser humano em determinadas situações. Um filme no mais puro estilo Saramaguiano, crítico com o poder, impregnado de desassossego, que nos envolve, sacode e põe em alerta diante do perigo das sociedades que estamos construindo.

A maior flor do mundo. 2007.

Curta-metragem de animação dirigido por Juan Pablo Etcheverry baseado no texto homónimo de José Saramago, que também é o narrador, e com música de Emilio Aragon. No relato, cheio de símbolos e enigmas, há varias mensagens: uma destinada ao público menor, o descobrimento, a valentia, o altruísmo; e outra para todos os homens e mulheres que se interrogam sobre seu lugar no mundo.

Dibujos animados La flor más grade del mundo

Música

 

Disco-Livro Nesta esquina do tempo. 2006

 

dico_luis

Um lindo trabalho que inclui 14 poemas de Saramago musicado por Luis Pastor, quem além da música, põe sua alma e sua voz. Este livro-disco consta de 2 cds, um em castelhano e outro em português, com desenhos de Javier Fernández Molina e prólogo de José Saramago. Colaboram também com suas cálidas vozes João Afonso, Pasión Vega e Lourdes Guerra.

 

 

Essa inconfundível voz de Luis Pastor, áspera e ao mesmo tempo suave, como as vozes dos grandes trovadores do século passado. Ouçamos, o tempo cabe todo na duração de um disco.
José Saramago

Franz Joseph Haydn. Las Siete Últimas Palabras de Cristo en la Cruz. 2007

“Salva-te a ti mesmo se és o rei dos judeus, lá está aquele que deitava abaixo o templo e tornava a reconstruí-lo em três dias, que desça agora da cruz para nós vermos e acreditarmos nele”. Deus, Pai, Senhor, era isto necessário? Não te bastava a simples morte? Já que terei de perder a vida, perdoa-lhes tu o alvoroto, porque não sabem o que fazem. E eu? Virei a saber o que fiz no mundo? E tu, Deus, Pai, Senhor, tens a certeza de que tudo o que fizeste foi bem feito?
José Saramago. As Sete Últimas Palavras de Cristo na Cruz.

opera

Haydn fez a estreia de As Sete Últimas Palavras de Cristo na Cruz em Cádiz, uma encomenda da Confraria da Irmandade da Santa Cova em 1785. Para a segunda gravação dessa obra maestra, Jordi Savall decidiu gravar não somente com instrumentos da época, senão também no “lugar da época”: a Igreja de Santa Cova aonde foi a estreia em 1786. Esta edição inclui dois textos: um do teólogo Raimon Panikkar e outro do escritor José Saramago.

.

As sete palavras do homem.

 

 

Relacionados

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Antispam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Subir

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

ACEPTAR
Aviso de cookies